segunda-feira, janeiro 14, 2013

Regresso aos mercados - diz o Marcelo

Copiado de www.perguntasparvas.blogs.sapo.pt

2 comentários:

Custódia C.C. disse...

E quando os mercados já não quiserem alfaces??

Manuel Nunes disse...

Pois, pois. Quando o socrático governante disse há meses, do seu dourado exílio parisiense, que a dívida não era para se pagar mas para se ir pagando, os cobradores do fraque cá do burgo (os do governo e os da assembleia da república)replicaram enervadíssimos, dizendo do homem aquilo que Maomé não disse da entremeada de porco ou da respectiva bifana.
Afinal agora querem ir aos mercados, e o que é ir aos mercados senão contrair mais dívida, não para se pagar, mas para se ir pagando em sucessivas rondas financeiras?
---- Zeca Afonso para alegrar, aí em cima. Vampiragem, claro.