segunda-feira, maio 09, 2011

PORTUGAL E A FINLÂNDIA

O vídeo da Câmara de Cascais para os finlandeses é um caso perfeito de esperteza saloia, um rol de vulgaridades bacocas e provincianas – como se Mourinho, Ronaldo, o futebol e o uso desproporcionado de telemóveis (esqueceram-se do Allgarve!), tivessem alguma coisa a ver com a grandeza dum povo e com a sua civilização. Garcia da Orta, Magalhães e outros casos interessantes da nossa História estão lá metidos na mixórdia, desvalorizados entre a apologia do bacalhau, do pastel de nata e do porco que se come por inteiro! Aquela do jogo do Benfica em Paris ter tido mais assistentes portugueses do que franceses é de escangalhar a rir. Como se o facto de Paris ser a cidade da Europa com maior número de portugueses não fosse a prova provada da miséria dum povo que teve de encontrar na emigração a solução para a sua sobrevivência. Sobre a cultura portuguesa – literária, artística – nem uma palavra! Parece que em Cascais não há cultura, apenas praias, tias, shopping centers e hotéis que são sempre anunciados como os maiores da Europa ou da Península Ibérica. Na resposta, os finlandeses já disseram que têm belas mulheres, algo de que os autores do nosso vídeo, coitados, nem sequer se lembraram de considerar entre os grandes trunfos das lusas gentes. E, de facto, é a melhor coisinha que temos por cá, as mulheres, especialmente aquelas que não se metem na política e se riem entre o irónico e o sério de toda esta porcaria que é feita pelos machos.

2 comentários:

Maria Amélia disse...

SEM COMENTÁRIOS! Só não acho piada ao facto de meteres os saloios ao barulho, porque te garanto que o saloio genuíno o que faria era não fazer nada. O saloio não quer saber das tretas da política: um saber secular e salutar diz-lhe, lá no fundo, que é tudo uma grande m... e quanto mais se mexe, pior cheira!
Obrigada, afinal, por, em parte estares tu, sim, a ter uma boa e saloia atitude!

RAA disse...

É assim mesmo meu caro!
Lá no FB, no meio do entusiasmo quase geral, perguntei: e que conhecemos nós dos finlandeses? o Ari Vatanen?, o Alvaar Alto?, o Keke Roseberg?, a Nokia?, o Pai Natal? É pouco.
Ou, nos comments de um blog: Somos um povo de analfabetos, governados pelos analfabetos que somos.
É deprimente. E ainda por cima, algumas daquelas coisas nem são verdadeiras! Chico-espertos, além de analfabetos?