domingo, setembro 16, 2012

EM LISBOA, ONTEM


I - Um elemento policial limpando as pedras soltas dos paseios nas imediações da representação do FMI (clicando, poderá observar-se o pormenor: uma pedra na mão). Uma manifestação ia passar por ali e a polícia, sabe-se, não despreza os ensinamentos bíblicos: David matou o gigante Golias com uma pedrada (Livros históricos, 1 Samuel-17).
II - Cantar e manifestar-se: Xácara das Bruxas Dançando.
III - Resignação, diziam eles.

5 comentários:

Custódia C.C. disse...

E agora? Como é que vai ser?
Será que eles perceberam?

Manuel Nunes disse...

Pode ser que sim, Minha Amiga, mas só acredito quando houver sinal. O que dirá mais logo o Prof. Martelo, esse oráculo mediático que cada vez acerta menos? :)

Joca disse...

Meus amigos, estive numa conferência onde a confiança e o positivismo foram muito apregoados. Eu sou mais realista: isto são anúncios e reacções...vamos ver a decisão final e as consequências.

Manuel Nunes disse...

Abençoada conferência! Eu também fiquei com mais confiança depois de ter ouvido o Prof. Martelo. Disse que os líderes da coligação "estão condenados a viver abraçados", que o Cavaco deve intervir para evitar a inconstitucionalidade da TSU,e que esta semana no Cazaquistão foi consagrada uma catedral a Nª Sª de Fátima. Caramba, são boas notícias!

Manuel Nunes disse...

Custódia + Joca:
Mais logo irei dedicar-vos um vídeo aqui no blogue.
São ambas além-tejanas, não é verdade?