quinta-feira, dezembro 01, 2011

PRIMEIRO DE DEZEMBRO

Hoje, na nobre cidade de Alverca do Ribatejo, a fanfarra da Sociedade Filarmónica Recreio Alverquense percorrendo as ruas com os acordes do Hino da Restauração. Avante! Avante! Pela defenestração do novo Miguel de Vasconcelos!

2 comentários:

Maria José disse...

Conjurado Manuel, aqui vai uma informação: defenestrar = ato de atirar algo ou alguém pela janela; em sentido figurado: eliminar alguém, demitir, marginalizar, excluir. Vem do italiano (de e fenestra) e do francês (défenestrer). É igual em catalão e em espanhol. O feriado é que vai ser defenestrado :)

Manuel Nunes disse...

Minha Amiga Conjurada,
A História está cheia de defenestrações, o que demonstra que quem semeia ventos colhe tempestades (que tirada tão fraca!). A mais célebre defenestração parece ter sido a de Praga, anno Domini 1618. O Miguel de Vasconcelos, que estava vendido a uma espécie de troika daquele tempo, foi defenestrado já morto, ou a caminho disso, depois de ter sido crivado de balas pelos conjurados. Cá se fazem, cá se pagam! :) :) :)