segunda-feira, maio 25, 2009

SINGULARIDADES DE UMA RAPARIGA LOURA

Catarina Wallenstein no papel de Luísa Vilaça
Adaptação ao cinema, por Manoel de Oliveira, de um conto de Eça de Queirós, escrito em Cuba em 1873, quando o autor ali desempenhava funções diplomáticas. Um Macário e uma Luísa Vilaça do século XXI. Um belo filme sobre o texto famoso do grande Eça.

2 comentários:

Olive Tree Guitar Ensemble disse...

Hi, it's a very great blog.
I could tell how much efforts you've taken on it.
Keep doing!

RAA disse...

Espero que venha ao cinema de Carcavelos, porque, nos outros, são só filmes da treta...